Mergulhando com os tubarões brancos
Liza Roriz 27/12/2012

Shark cage diving - Gansbaai

Um passeio que me chamou a atenção quando estava viajando pela África do Sul foi o de mergulhar com os grandes tubarões brancos dentro de jaulas e em alto mar. Empresas de várias cidades sul africanas vendem o passeio. Após uma pesquisa na Internet e conversas com pessoas locais, vi que é seguro (nunca houveram acidentes) e bem turístico. Resolvi experimentar!

Onde?

A melhor cidade para fazer o mergulho é Gansbaai, também conhecida como a capital mundial do tubarão branco. Você pode fechar o passeio pelos sites das empresas ou até no Waterfront, em Cape Town, e eles providenciam um transfer para te levar até lá. São mais ou menos 200 km de distância e o valor do transfer de ida e volta é por volta de 300 Rands por pessoa, mas existe um desconto a partir da segunda pessoa se o pickup for no mesmo lugar. Como eu havia alugado um carro e estava com mais cinco amigos, preferimos ir dirigindo para economizar.

Qual empresa escolher?

Fechei o passeio pela empresa Marine Dynamics. A equipe é profissional e eles são a melhor empresa para mergulhar com os tubarões brancos de acordo com o Trip Advisor. Eu recomendo! Além deste passeio, eles trabalham em um projeto maravilhoso para a conservação da espécie dos tubarões brancos. Antes de embarcar, há uma rápida conversa sobre como eles são importantes no nosso ecossistema. Filmes como “Tubarão” nos trazem a ideia de que o animal é maligno, quando na verdade ele é como qualquer outro. Inclusive, mais pessoas morrem através de ataques de cachorros do que de tubarões brancos. Os tubarões só atacam seres humanos quando estes estão nadando na superfície, pois a luz atrapalha s suas visões e as pessoas são confundidas com focas. E sim, o tubarão ataca pois precisa se alimentar, como funciona com qualquer outra espécie do mundo animal. Nem preciso dizer que Steven Spielberg precisou de muita imaginação para fazer um filme como “Tubarão” e que no mundo real não existe um animal insano como aquele.

Para quem gosta de tubarões, a Marine Dynamics possui um programa de trabalho voluntário e você pode ler mais sobre ele e se inscrever através do site.

A minha experiência

Bom, saí às quatro horas da manhã do albergue em que estava hospedada, peguei os cinco amigos que estavam em três locais diferentes e distantes na grande Cape Town, e chegamos a Gansbaai as 07h30min da manhã. O tempo não estava bom e havia muita neblina.

São várias empresas que fazem o mergulho com os Great Whites e elas ficam uma ao lado da outra, por toda Gansbaai.

Chegando ao Marine Dynamics, fizemos o pagamento do passeio e sentamos nas mesas onde estava havendo o café-da-manhã, que é incluso (eles pedem para chegar as 7h, então estávamos atrasados).

DICA IMPORTANTE!!!

O café é bem simples: pão, manteiga, presunto, queijo, café, chá, leite. Um amigo meu que já fez o passeio me disse para não comer nada, pois as chances de você ficar enjoada no barco são altas. E eu passo a dica adiante. Caso queira tomar café, tome em Cape Town, bem antes de embarcar. Outra dica: tome um um Dramin para evitar enjoos.

Ao entrar no barco, nos deram um colete salva vidas e uma capa de chuva laranja. O barco era grande, tinham dois andares e cabia em torno de cinquenta pessoas. Foram mais ou menos quinze minutos de barco até o local onde iríamos nadar com os tubarões.

Chegando lá, o pessoal jogou óleo de peixe na água para atrair os animais. Eles também fazem uma imitação de foca e usam peixes como atrativo. Em dez ou quinze minutos, os animais começam a aparecer. Quando isso acontece, começam os mergulhos dos turistas dentro da jaula. Não existe um tempo certo dentro do mar para cada grupo, quando eles assumem que você já teve a experiência que buscava, eles pedem para trocar. Eu fiquei em torno de quinze minutos dentro da água e foi mais do que suficiente. Caso queira, você pode pedir e descer de novo com outro grupo. Após o mergulho, eles oferecem suco, água, salgadinhos e sanduíches. E enquanto você não está mergulhando, tem uma ótima visão dos tubarões pulando para fora da água para atacar as iscas.

Shark cage diving - Gansbaai

Shark cage diving - Gansbaai

Shark cage diving - Gansbaai

Cabem oito pessoas dentro da jaula. Ela é bem funda e eu não consegui mergulhar e chegar ao fundo dela. A equipe oferece roupa térmica para mergulho, óculos de mergulho e uma toalha para se enxugar ao final. A água é gelada. Outro ponto, como estamos dentro do mar, é difícil ver se os tubarões estão vindo e por onde, então um dos funcionários é responsável por ficar olhando e avisando para onde mergulhar e olhar.

A sensação de estar embaixo d’água com os tubarões é incrível. Eles são animais majestosos, lindos, hipnotizantes. A água estava bem limpa no dia e conseguíamos vê-los perfeitamente embaixo d’água. Eles passavam tão perto que se você quisesse, podia até tocá-los. Mas é claro que ninguém sente vontade de colocar nem a unha para fora da jaula. Ver a barbatana de fora d’água se aproximando de você faz o coração bater mais forte. Foi uma experiência sensacional!

Shark cage diving - Gansbaai

Shark cage diving - Gansbaai

Shark cage diving - Gansbaai

Vimos seis tubarões brancos naquele dia, entre 2,2 e 6 metros.

Após todos os mergulhos, mais uma surpresa: paramos numa colônia de focas, incontáveis focas. Não é a toa que existem tantos tubarões na região, pois comida é o que não falta! As focas são lindas, engraçadas e não paravam de se mexer, umas sobre as outras, nadando, andando e fazendo um barulho engraçado.

Shark cage diving - Gansbaai - seals

Quase chegando em terra, vimos outro tubarão branco bem pertinho da praia. O lugar é lindo e nós brasileiros amamos uma praia, mas cá entre nós, eu não arrisco nadar lá de jeito nenhum! 🙂

Shark cage diving - Gansbaai

Mais fotos abaixo:

Liza Roriz

10 Comments

  1. Olá tudo bem?

    Tem como pedir para alguém tirar fotos suas dentro d’água mas de longe, mostrando a gaiola e a aproximação dos tubarões melhor? Gostaria muito de experimentar esse mergulho mas queria fotos distantes da gaiola.

    Beijos, grata.

    1. Olá! Então, Débora, você pode pedir para os voluntários que trabalham lá tirar as fotos, eles são bem legais. Porém, a gaiola fica fechada quando eles colocam as iscas na água para os tubarões se aproximarem, então é um pouco difícil tirar uma foto que apareça você e os tubarões. Ah, eles vendem câmeras para tirar fotos embaixo dágua na loja, caso você não tenha uma. O que dá para fazer é pedir para alguém tirar uma foto sua dentro d`água quando o tubarão passar, mas também é difícil porque todos querem ver os tubarões e como eles passam muito rápido, você tem que ficar preparada. Beijos!

      1. obrigada Liza, que bom que eles vendem as cameras! é uma coisa a menos pra se preocupar no planejamento! MUITO OBRIGADA MESMO! Beijos!

  2. Olá, adorei suas dicas, estou começando a planejar uma viagem a Africa do Sul e gosto bastante quando há textos com o seu, bem subjetivos, explicando as sensações e os detalhes que não saberíamos se comprássemos um guia de viagem. Parabens pelo blog. Quando eu voltar também vou escrever um pouco sobre isso, pois tambem tenho um blog de viagens, abrçs.

  3. Olá,
    Estou indo para Africa mês que vem e vou fazer este passeio e pretendo levar uma camera GoPro.
    Tem algum tipo de suporte para camera que vc recomenda para registrar bem os tubaroes (suporte na cabeça, pulso, bastao etc)? Ou na mão mesmo?
    Obrigado

    1. Olá Fabio, no caso do mergulho com os tubarões, você vai estar dentro de uma jaula então não precisa de nenhum suporte para a GoPro.. Ah, e lá eles vendem câmeras descartáveis para tirar foto embaixo d’água, caso você não queira levar a GoPro.

Your comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *