Tudo o que você precisa saber antes de ir ao Lion Park – Parte 1
Liza Roriz 14/12/2012

Muitas pessoas me perguntaram sobre o trabalho voluntário no Lion Park, na África do Sul. Decidi então escrever algumas dicas relacionadas a ele. Caso tenham alguma dúvida, podem perguntar nos comentários!

1.      Como se inscrever?

Há duas formas de se inscrever. Quem cuida do programa na África do Sul é uma empresa chamada Volunteer Southern Africa e você pode fechar diretamente com eles através do site clicando aqui, e em seguida na opção de projeto “Living with Lions”.

No Brasil, a CI é por enquanto a única agência de viagens que intermedia o processo com a VSA (Volunteer Southern Africa).

VSA CI

Por qual optar?

O programa é exatamente o mesmo pela VSA e CI. Como eu disse, a CI trabalha apenas como intermediária e o contato dela também é com a VSA.

Sendo assim, a única diferença que pode haver entre as duas é o preço, então opte pela empresa que oferece um preço mais competitivo. Por exemplo, quando eu fechei o programa, estávamos no mês de setembro, que coincidiu com o mês de aniversário da CI, e eles conseguiram 10% de desconto no programa, então fechei com eles.

Fique de olho: taxa de câmbio

Pela CI, o valor do programa é dado em dólar e eles convertem para reais no momento do pagamento, de acordo com o câmbio do dia. O problema com agências de turismo no Brasil é que o valor do dólar é diferente em cada uma que você liga, e a CI é uma das mais caras. Não entendo muito bem como funciona mas sei que as agências podem escolher um valor para a moeda dentro de um intervalo, de acordo com a variação do dia. Sendo assim, a minha dica é fazer a cotação na Volunteer Southern Africa e na CI, converter o valor para reais de acordo com o câmbio de cada uma e ver qual compensa mais.

2.      Requisitos

É preciso ter acima de 18 anos. A CI diz também que o inglês intermediário é necessário. Ela até pode pedir que você faça um teste caso não tenha algum diploma para comprovar que fala a língua. Porém, quando cheguei ao Lion Park, conheci uma brasileira e uma francesa que falavam somente o básico e se deram super bem. Então se você tem vontade de ir, mas não fala o inglês, não se preocupe! Depois de alguns dias de mímica o seu inglês ficará muito melhor! 😉

3.      Quanto tempo ficar?

O programa completo tem duração de duas semanas, que é a estadia mínima, e máximo de três meses, que é o tempo máximo que alguém pode ficar na África do Sul sem precisar de visto.

A maioria das pessoas fica apenas duas semanas, tempo necessário para fazer todos os passeios. Eu pessoalmente acho que duas semanas é muito pouco, porque é por volta do décimo dia que os leões começam a ficar acostumados com a sua presença, a te conhecer e a querer ficar com você. E aí você precisa ir embora.

Eu fiquei quatro semanas e acho que é suficiente, apesar de que por mim moraria lá para sempre. Então considerando o preço do programa e as experiências, quatro semanas é um tempo bom.

4. O que preciso fazer antes de embarcar?

  • Obrigatório:

– Ter um passaporte com validade mínima de seis meses a partir da data de embarque

– Ter vacinado contra a febre amarela até dez dias antes do embarque

– Emitir o certificado internacional de vacinação contra a febre amarela (procure saber onde o emitem na sua cidade, geralmente é na ANVISA no aeroporto, mas alguns hospitais também o fazem). Segue imagem dela abaixo.

OBS. Faça isso com antecedência pois a ANVISA só funciona em dias úteis e você não irá conseguir o certificado no domingo quando estiver embarcando. Para quem vacinou há algum tempo, fique de olho se na sua carteira de vacinação consta a informação do lote, pois alguns lugares não costumavam colocar. Caso não tenha, volte ao local que você vacinou e peça a informação antes de ir a ANVISA, pois senão eles não irão emitir o certificado internacional (experiência própria).

Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela

  • Indicado:

– Tomar vacina contra Hepatite A, B e Tétano. Quando eu fui, a minha infectologista fez eu tomar duzentas vacinas, mas a África do Sul é um país tão evoluído quanto o Brasil e não existem todas essas doenças que existem mais para o norte da África. Ela pediu também para eu tomar um remédio diário que prevenia a malária: só tomei nos dois primeiros dias e nunca mais, não há risco algum. A não ser que você vá para algumas regiões do Kruger Park, a África do Sul é risk free quando se trata de malária.Tomei a vacina preventiva da raiva mas não acho que há necessidade, todos os animais do parque são vacinados e livres de quaisquer doenças que possam passar para nós.

5. Roupas: o que levar?

Como mencionei, o Lion Park te dá duas camisetas de voluntário que você deve usar sempre que estiver trabalhando ou que queira entrar no recinto dos leões pequenos. Ou seja, durante 70% do seu tempo você estará usando essas camisetas, o que ajuda a reduzir um enorme espaço na mala. Como no verão é muito quente, não gostava de usar calça jeans para trabalhar, então a minha dica é levar alguns shorts e uma calça de malhar. Calça jeans na verdade eu usei só duas vezes em quase dois meses na África do Sul: uma na ida e outra na volta somente para ficar no avião.

Costumávamos usar roupas bem confortáveis a noite quando ficávamos nas tendas, até mesmo pijama, então não precisa levar nada de especial para isso. Leve um pijama quentinho com calça, pois mesmo no verão pode fazer frio à noite.

Leve duas ou três roupas de sair para ir ao Monte Casino, nada de salto alto a não ser que a intenção seja ir direto para a balada. Veja mais sobre o Monte Casino aqui.

Nos dias dos passeios do safari e de caminhar com os elefantes você não precisa ir com a camiseta de voluntário, então aproveite e coloque uma blusinha que você goste.

Não deixe de levar um moletom. Eu pessoalmente não gosto de moletons, mas eles são necessários. O clima é instável e eu tive que comprar um lá e deixava sempre na mochila.

Obs. Antes de ir me falaram que tínhamos que levar roupas de cores neutras como caqui, preto, etc. Não se preocupe! Tinha gente usando rosa choque e não havia problema nenhum.

6. Objetos: o que levar?

– Lanterna (a do Iphone é suficiente): o banheiro é um pouco longe da tenda e é bom ter uma lanterna para saber onde você está pisando.

– Régua e adaptador: mesmo o adaptador universal não comporta a tomada sul africana. São três pinos grandes em forma de triângulo. Recomendo levar um adaptador (ou comprar no supermercado na chegada) e também uma régua com a quantidade de tomadas que irá precisar (carregar a câmera, o celular, etc).

Tomada sul africana

– Uma boa câmera fotográfica: dispensa explicações. Os animais são lindos e as paisagens também!

– Guarda chuva (ou capa de chuva): eu não levei, mas as vezes chove muito e pode fazer falta.

– Bandaid, antisséptico, álcool gel e lenços umedecidos: sim, os leões vão te morder e você precisa se cuidar. Leve sempre na mochila!

– Filtro solar: o Sol é muito quente e você se queima sem perceber. Detalhe: voltei com a marca da manga da camiseta no braço: super bronzeada da manga para baixo e branquela da manga para cima. Então desde o começo já recomendo que dobre a manga como se fosse uma regata para evitar a marquinha nada charmosa.

– Repelente: levei dois e não fui picada nenhuma vez por mosquitos. Um amigo meu me disse que algumas pessoas realmente não são picadas devido ao tipo sanguíneo. Não faço a mínima idéia se isso é verdade, mas nenhum dos voluntários que estavam lá foram picados também, então leve um apenas por precaução. Obs. Adoro o OFF Kids, é cheiroso e basta.

– Mochila: leve uma mochila levinha estilo Jansport para carregar os medicamentos que falei acima, filtro solar, o moletom e a máquina fotográfica.

Liza Roriz

35 Comments

  1. Lizaa, parabéns pela viagem, pelo site, e principalmente por sua boa vontade em dividir essa experiência com a gente! 🙂
    Tenho umas dúvidas e sei que até embarcar outras virão, e como você abriu espaço aqui, to me sentindo a vontade pra perguntar rsrsrs então lá vai:
    1 – Vi em algumas fotos dos voluntários na página do Volunteer que alguns deles usaram aquelas botas/tennis (tipo da timberland) e recebi nas orientações da agência um aviso sobre escolher bem o calçado por conta das brincadeiras dos leões e por que em janeiro chove muito lá e tal.. queria saber se você acha necessário, ou se só um all star é suficiente?
    2 – Posso levar secador de cabelo, ou é “too much”? Sei que durante o dia não vou precisar mas a noite, se quiser sair mais arrumadinha e tals rs…
    Bjos e mais uma vez muito obrigada, flor!

    1. Olá Renata! Muito obrigada!! 🙂 Bom, respondendo as suas perguntas:
      1. Eu levei a minha Timberland Flume Waterproof, é ótima, impermeável e confortável. Eu recomendo! O All Star não é ideal para trabalhar por alguns motivos:
      – Chuva (as chuvas são rápidas e fortes, então o seu All Star vai ficar encharcado em segundos. E não pense que você não vai pegar chuva, pois o staff irá precisar de você para carregar os leões para um local seco, fechar a casa da bebê girafa, e se a chuva não estiver tão ruim, você trabalha na chuva mesmo.
      – Caminhamos o tempo todo na terra e na grama, o recinto dos leões é na terra. Então independente do solo estar molhado ou seco, o All Star não vai ser confortável.
      – Leões: não interessa o calçado, eles vão tentar mordê-lo, e forte. Com o All Star você vai sentir mais dor, hehe!
      Então eu realmente recomendo que você leve esse estilo de bota. Você fica despreocupada, anda no mato, em tempo bom ou ruim, e se sente bem e segura. O solado dela é de borracha e é melhor para quando precisar correr, etc.
      Mas, caso você não queira levar esse tipo de bota, como segunda opção, leve um tênis normal de caminhada e uma galocha de borracha para os dias de chuva.

      2. Pode sim! Algumas meninas levaram secador, até para não dormir com o cabelo molhado, etc. Faça como mencionei no post, compre uma régua aqui com tomadas que encaixem nos seus eletrônicos e um adaptador sul africano para encaixá-la (São apenas duas tomadas por pessoa nas tendas, então assim você economiza tomadas e carrega/usa tudo de uma vez).

      Espero que tenha ajudado, beijos!

  2. Olá tudo bom?
    Antes de tudo parabenizo seu site, que é o melhor e mais explicativo que já achei e ainda por cima fala de todos os lugares que eu gostaria de conhecer e coisas que eu gostaria de fazer. Enfim.
    Minha dúvida é: Tem como ir de dupla? Por exemplo, eu e mais uma pessoa? E como conseguiria isso?
    E outra pergunta é: Estando no LP, tem como visitar todos os lugares, como o shopping, o casino, o museu e o estádio da copa? Ou apenas viajando como turista para Johannesburg?

    Grata, felicidades.

    1. Olá Debora! Muito obrigada, continue acompanhando!
      Tem como ir de dupla sim, é só avisar as datas que vocês querem ir e dizer que estão juntas, que gostariam de ficar na mesma tenda, etc.
      Bom, respondendo a sua outra pergunta, o cassino está há 15 minutos de taxi do parque e íamos sempre para jantar, ver filme, etc. Sobre visitar Johannesburg, você tem um dia de folga por semana caso fique duas semanas e dois dias de folga por semana caso fique mais de duas semanas. Sendo assim, você pode marcar um tour tanto por Joburg como por Pretoria, que estão bem perto do Lion Park. Maaaas, eu recomendo que aproveite o máximo de tempo que tem no parque e fique na cidade alguns dias depois do programa fazendo passeios turísticos.
      Qualquer dúvida, me avisa tá?
      Beijos!

  3. Oi liza!
    Amei seu blog e ja li todos os posts sobre sua experiência no lion park!
    Qual é a melhor época do ano pra ir, no final ou no meio? Que tenha menos chuvas…
    Bjs!

    1. Oi Linda, obrigada!!
      Eu te diria que são épocas diferentes. Em Julho é inverno, faz mais frio, é seco e até a paisagem muda de cor. No fim do ano faz calor, chove, a vegetação está verdinha. Eu fiquei o mês de novembro inteiro e peguei alguns dias de chuva só. Os leões adoram a chuva, ficam super ativos e brincam muito! Eu não me preocuparia tanto com a chuva. Quando eu voltar, acho que será no verão de novo. Se você for viajar depois pelas praias da África do Sul, recomendo ir no verão que você vai curtir mais!
      Beijos!!

  4. Oi, Liza….

    Amei tudo aqui… olha só, mais dúvidas: como são essas tendas e onde ficam? Dentro do parque? Como são estruturadas? Como é a rotina do voluntário e quanto, mais ou menos, se gasta, no mínimo, pra fazer essa aventura? E a comida? A gente ganha ou tem que sair pra comer nas refeições? A comida é leve ou é daquelas que pode dar dor de barriga por ser de tempero forte? Podemos ir de casal? Marido e mulher? que horas começa e que horas termina o trabalho? Caminha o dia inteiro? Como perder o medo inicial, já que eles mordem pra valer? Beijões enormes, Renata.

    1. Olá Renata!!
      As tendas ficam dentro do parque, mas numa área separada apenas para os voluntários (existe uma cerca e dentro estão as tendas, banheiros, cozinha e sala de estar. A tenda é grande e como se fosse um quarto normal, são bem resistentes!
      A rotina do voluntário é estar no parque as 8h para ajudar a limpar (varrer as folhas, limpar a sujeira dos bichos, etc). As 9h o parque abre e aí cada um tem uma função, que é alterada a cada 2h. As vezes vc vende comida para alimentar as girafas, ou coleta os ingressos na entrada do parque, ou é guia do parque para crianças que vem em grandes ônibus escolares, ou fica no berçario com os animais bebês, etc.
      Duas refeições diárias estão inclusas no programa. Ao contrário do que se pensa, o tempero da comida sul africana não é forte, e sim muito parecido com o tempero brasileiro. É uma delícia! Porém, no Lion Park existe um cardápio pouco variado. Comemos omeletes de manhã e outras opções para almoço são sanduíches, pizzas, saladas, hot dogs, etc. Bem gordo! 🙂
      Vc pode ir de casal sim! Porém dormem até 4 pessoas por tenda e são camas de solteiro. Quando eu estava lá, havia um casal que pagou para ficar numa tenda só os dois, vc pode enviar um email para o Volunteer SA e ver essa possibilidade.
      E em relação ao medo, respire fundo e aproveite! No começo da sim um medinho e as mordidas doem e deixam cicatrizes, mas vale a pena, no fim é só brincadeira dos leões e vc vai se encantar tanto que perderá o medo.
      Qualquer outra dúvida, me avise, ta? Dê uma olhada nos outros posts do blog que irão te ajudar também! Beijos!!

  5. Liza, gostaria de saber qual é a sua camera! Terei que comprar uma, mas não entendo muito disso, e você já deve conhecer a melhor já que tem tantos momentos registrados incríveis hahaha :DD ADOREEEI SEU BLOG! Você tirou todas as minhas duvidas sobre o voluntariado !! Obrigada!

  6. Olá!! tudo bem? Antes gostaria de te elogiar pelo ótimo blog, realmenre foi o mais completo que já li!
    Vou ficar dois meses na África do Sul, e apenas duas semanas voluntariando no Lion Park. Gostaria de saber se somente nesse tempo de duas semanas os passeios ( os mencionados no ‘tudo o que você precisa saber antes de ir ao lion park parte 2’) estão incluosos!

    Muito obrigada!

    1. Oi Júlia!! Muito obrigada! E respondendo a sua pergunta, pode ficar tranquila que os passeios estão inclusos no pacote de duas semanas sim!! 🙂 beijo

  7. Oii, seus posts me ajudaram muito, foi uma luz, estava super perdida em como fechar os pacote, se devia recorrer a uma agenci enfim, me tirou varias duvidas parabens e obrigada !
    Agora uma curiosidade que eu fiquei, pretendo passar 1 mes fazendo o trabalho voluntario no Lion Park e depois mais 1 mes em Cape Town, queria dicas de como fazer esse transporte do Lion Park em Joanesburgo ate Cape Town ? e necessario pegar um voo ? e os melhores hoteis para se ficar em Cape Town, bons, seguros e baratos ?
    Muito Obrigada

    1. Oi Nathalia!! Joburg está longe de Cape Town então acho que a melhor forma é pegar um avião mesmo!! A África do Sul tem várias companhias aéreas low cost como Kulula e Flymango. Se eu não me engano, Kulula tem vôos saindo de um aeroporto bem perto do Lion Park, o que é ótimo pq vc pode ficar com os leões até mais tarde no dia da partida (como a maioria das pessoas pegam vôos internacionais, vc acaba saindo mais cedo do que gostaria).
      E sobre onde ficar em Cape Town, eu diria que o melhor lugar é o hostel The Backpack. Eu já fiquei em muitos hostels nessa vida e esse sem dúvida foi o melhor! A cama é perfeita (principalmente a dos quartos de quatro camas para mulheres), super limpo, tem um bar super legal com um barman (Lucas) super gente fina, e depois que o bar fecha ele leva todo mundo para a Long St, uma rua cheia de barzinhos e baladinhas que fica perto do hostel).

  8. Olá Liza! Primeiramente, parabéns pelo blog. Excelente , muito explicativo, tirou varias duvidas minhas. Eu vi que voce fala que não precisa tomar o remédio pra malária para África do Sul. Realmente não tem nenhum risco? E no Kruger Park, vale a pena a visita? Ouvi falar que esse remédio pra malária incomoda bastante , e causa algumas reações, enjoo, dor de cabeça etc. Vale a pena tomar?
    Obrigado!!

    1. Oi Thiago, obrigada!!
      Olha, eu cheguei a tomar o remédio de malária nos primeiros dias e não senti nenhuma reação adversa, mas algumas pessoas falam que sentem sono, enjoo, etc. A maioria dos lugares na África do Sul é malaria risk free, então eu sugiro que pesquise na Internet sobre o lugar que vc está pensando em ir e aí decide se toma o remédio ou não (se for low risk, nem se preocupe). Sei que os locais com mais risco são no norte da África do Sul, incluindo algumas regiões do Kruger Park, e em áreas perto de Durban em KwaZulu-Natal e Mpumalanga.
      Eu não conheci o Kruger Park (ainda!) pois já tinha feito o safari em Pilanesberg e queria conhecer as praias, então de Joburg fui para Port Elizabeth e desci de carro até Cape Town. Porém, dizem que o parque é incrível e vale muito a pena pois além dos animais, o local tem paisagens de tirar o fôlego como as do Blyde River Canyon e God`s Window. Qualquer dúvida, me avisa!! Abs!

      1. Valeu pela ajuda. Mais algumas dúvidas:
        Li em algum lugar no seu blog, que você tem direiro a 2 dias de descanso por semana se você ficar mais de 3 semanas no parque. Existe a possiblidade de acumular esses dias por exemplo, pra passar 5 dias em Cape Town? É cara a passagem de Johannesburg pra lá? Quanto tempo é o suficiente pra conhecer a cidade?
        Obrigado mais uma vez…

  9. Oi Liza, adorei seu blog. Já estou de viagem marcada e não vejo a hora de ir. A unica coisa que me preocupa é ingles :(, fiz a prova exigida pela CI e passei, sei que consigo de virar mas como é minha primeira viagem rola aquele medinho de não entender nada. Queria saber se eles são ‘compreensivos’ quanto a isso, pois sei que nos primeiros dias eu sofra um pouquinho por nao estar acostumada.
    Obrigada e beijos!

    1. Oi Denise, fique tranquila! Sempre vai ter alguem para te ajudar! Quando eu fui, tinha uma francesa que não falava nada em nenhuma outra língua e depois de muita mímica ela aprendeu rapidinho! Não se preocupa com isso, eles são super compreensivos!! 🙂

  10. Olá Liza,
    Adorei o site. estou programando para ir pra lá. O Park promove o passeio com elefantes?
    Se eu nao for como voluntária posso pegar os filhotes de leão?
    O Park fica muito longe do aeroporto de Joanesburgo ?
    Obrigada pela atenção.
    Abç
    Karen

    1. Oi Karen! Se vc não for como voluntária pode pagar e ficar alguns minutos com os leões. Mas como eles não te conhecem não vão te dar muita bola, hehe! Leva uma semana para eles se acostumarem com a sua presença e virem atrás de vc.. O parque fica entre Joburg e Pretoria, mais ou menos uma hora do aeroporto JNB. Se vc for pelo programa, eles te levam e buscam no aeroporto.
      O parque oferece um passeio com os elefantes num lugar lindo chamado Glen Afric. O passeio é super legal, quando está calor, eles geralmente vão para um lago tomar banho e se refrescar. Vc vai acompanhando os elefantes, pode alimentá-los com as folhas das árvores, etc.

  11. Olá, parabéns pelo post, foi bem esclarecedor, adorei! Obrigada. Estou planejando fazer essa viagem *-*, mas gostaria de saber uma coisa. Quando estamos lá, temos contato apenas com tigres e leões filhotes? Porque eu confesso que vou ficar com medo demais se tiver que lidar com os adultos, hahaha, tenho medo de não conseguir por medo. Com os filhotes, vai bater um medinho mas acho que supero. O problema são os adultos. A gente escolhe com que animais vai trabalhar ou os funcionários de lá que mandam? Obrigada. beijos
    Teresa

    1. Oi Teresa! Lá tem leões de todos os tamanhos e idades, mas vc não tem contato direto com os adultos pois já são bem perigosos. O parque preza muito pela segurança dos voluntários então fique tranquila! E se vc não estiver a vontade com algo, não é obrigada a fazer! E lá vc vai fazer um pouco de tudo: ficar com os filhotes de leão, vender comida de girafa, limpar o parque, alimentar todos os animais, ser guia de dezenas de crianças que vão em ônibus escolares, etc. Cada dia é uma surpresa! 🙂

  12. Oi, Liza! Amei seu blog, muitooo obrigada por todas essas informações. É meu sonho conhecer a África do Sul e esses bichos, desde que via Animal Planet. Tenho 18 anos e gostaria muito de fazer esse trabalho voluntário, mas você acha que ainda sou muito nova? É só acima de 18 ou a partir de 18 anos que pode? Obrigada.
    Teresa

  13. oiiiii liza me interesei muito por esse programa, e ja tem 1 ano mais ou menos que estou querendo ir a africa . bem e agora estou querendo ir nas minhas ferias e passar uns 15 dias lá. mais a minha duvida é: agente pode repetir esse programa , posso ser voluntaria do lion park sempre que eu quiser?
    pq eu estava pensando em ficar na primeira vez 2 semanas e quem sabe o ano que vem participar novamente mais ficar mais tempo.

    1. Oi Roseane, pode sim!! Vai por duas semanas dessa vez e ano que vem eles já irão ter mudado para o Kingdom of the White Lion, um lugar vinte vezes maior que é maravilhoso!

  14. Liza, tudo bem? Estou querendo ir meio de dezembro/inicio de janeiro! Passar 1 mes!! Sabe qdo sera a mudanca para o Kingdom of the White Lion,???? Sera q nessa epoca corro risco de estarem de mudanca e n ter “quase nada”? Mt obrigada! Amo seu blog e as dicas! Bjs

    1. Oi Renata, eu sei que eles tem até Maio/2015 para fazer a mudança para o Kingdom, mas quando eu fui ao Lion Park pela última vez (maio/2014), ainda não tinham nem o projeto final de como seria o Kingdom e nada havia sido feito ainda. Fui no Kingdom nessa mesma época e nem tinham começado as construções. Sendo assim, eu particularmente duvido que vão ter se mudado até lá. Aproveito para dizer que eu acho que Novembro/Dezembro/Janeiro é a melhor época para ir pois faz calor (apesar de chover), tem muitos voluntários e muitos filhotes nascem nessa época! Beijos

  15. Olá Liza, será que terá alguma mudança no voluntariado (além de mais trabalho) depois que mudarem pro Kingdom ? Por exemplo, o preço e alguns outros detalhes …?

    1. Oi Elieser, acredito que não haverá mudanças no preço, temos que esperar para ver as novidades que vão surgir! Vou falar com os meus amigos de lá e te conto o que eu ficar sabendo! 🙂

  16. Olá liza
    Parabéns pelo blog
    Estou doida pra ir pro lions park, e gostaria muito de saber quanto você gastou nesse 1 mês que ficou lá ?
    Obrigada
    Abraços

    1. Olá Fernanda,

      Não sei dizer ao certo quanto eu gastei, mas está tudo incluso no pacote, então você só vai gastar com comida para o jantar, lanches que queira comprar e souvenirs para levar de recordação! 🙂
      Beijos!

  17. Nossa, você simplesmente tirou todas as minhas duvidas, quer dizer quase todas.
    No site do Vounteersea, qual é o programa do Lions Park?
    Referente a uso da moeda Africana, onde fez a troca ou usou dólares normalmente, qual opção é melhor?
    Eu posso contratar o programa por duas semanas, e se quiser depois aumentar meu período de permanência?

    1. Olá Diana! O post está desatualizado, a VolunteerSA e a CI não trabalham mais com o Lion Park. Você tem que ver direto no site http://www.lion-park.com (mas eles tem vários outros programas legais). Você pode pagar duas semanas e estender quando estiver lá, sem problema algum, vi muitas pessoas fazerem isso! Sobre a moeda sul africana, o Rand, eu habilitei o meu cartão de débito (na época o IOF era 0,38%) e saquei dinheiro no caixa eletrônico, mas acho que agora não compensa mais. O que mais compensa é levar euros e trocar numa casa de câmbio (não as do aeroporto que pagam pouco). Se você for direto ao Lion Park, terá que trocar no aero mesmo ou sacar dinheiro do cartão de crédito ou débito, visa travel money, etc. Qualquer dúvida, me avisa! Beijos

Your comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *